Nós somos contra qualquer tipo de censura”, diz Neucimar Fraga ao defender Daniel Silveira março 30, 2022 Em ação

Por Stéfane Rodriges O deputado federal Neucimar Fraga (PP-ES) defendeu, na noite de terça-feira, dia 29, no Plenário da Câmara dos Deputados, a liberdade de expressão no Brasil, contrariando a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de colocar tornozeleira eletrônica no deputado federal Daniel Silveira (União-RJ). “Agora um Ministro do STF quer colocar tornozeleira em […]

Por Wendon Santos Almeida

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Por Stéfane Rodriges

O deputado federal Neucimar Fraga (PP-ES) defendeu, na noite de terça-feira, dia 29, no Plenário da Câmara dos Deputados, a liberdade de expressão no Brasil, contrariando a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de colocar tornozeleira eletrônica no deputado federal Daniel Silveira (União-RJ).

nos somos contra qualquer tipo de censura diz neucimar fraga ao defender daniel silveira marco 30 2022 em acao

“Agora um Ministro do STF quer colocar tornozeleira em um Parlamentar que foi preso ilegalmente, injustamente, inconstitucionalmente, mas ninguém tem a coragem de defender a verdade. Nós somos contra qualquer tipo de censura”, defendeu Neucimar Fraga.

A decisão do ministro Alexandre de Moraes atendeu a pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR). No entendimento da PGR, Daniel Silveira continuou atuando contra a democracia após ter sido solto em novembro.

O parlamentar foi preso em 16 de fevereiro de 2021, após publicar vídeo no qual fez críticas aos ministros da Suprema Corte e defendeu o Ato Institucional número 5 (AI-5).

Fraga completou sua fala citando que os cidadãos criticam autoridades, como o Presidente da República, Jair Bolsonaro, mas não há punição. Porém, quando a opinião contrária é voltada para o STF, a liberdade de expressão é colocada em xeque.

Leia também:  Pepê define pré candidatura a deputado estadual pelo PP.

“O que nós defendemos? Nós defendemos a liberdade de expressão. Quem quiser xingar o Presidente ou falar mal, pode falar. Falar mal do ex-Presidente pode também. Agora não pode falar mal só do STF no Brasil. Se falar mal do STF, até os artistas que são contra a censura são a favor que o STF censure o Parlamento, que tem a prerrogativa constitucional de falar”, disse.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.