Apesar do conflito na Europa produção agropecuária brasileira deverá bater recorde em 2022

Evair de Melo destaca a projeção de aumento de 7,3% no faturamento bruto do setor agrícola neste ano.

Por Wendon Santos Almeida

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Por Claudio Figueiredo

O vice-presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA), deputado Evair de Melo, avalia que o Brasil segue no caminho certo e que as medidas adotadas pelo Governo Federal para mitigar os impactos do conflito Rússia X Ucrânia no setor agropecuário nacional vêm obtendo bons resultados. O parlamentar, que também é vicelíder do Governo Bolsonaro na Câmara, se mostrou otimista em relação às novas projeções feitas pelo Ministério da Agricultura (Mapa), de que o Valor Bruto da Produção (VBP) do setor agropecuário nacional alcançará R$ 1,236 trilhão em 2022.

apesar do conflito na europa producao agropecuaria brasileira devera bater recorde em 2022

“Esta estimativa é 1,7% superior à que foi anunciada no último mês de abril – quando o Governo já previa um recorde –, e 2,7% maior do que o VBP de 2021, que chegou ao total de R$ 1,204 trilhão. Já o faturamento bruto das lavouras no Brasil, neste ano, deverá somar o montante de R$ 881,2 bilhões, o que significa um aumento de 7,3% em relação a 2021, segundo a nova estimativa do Ministério da Agricultura”, salientou o deputado.

Leia também:  Bruno homenageou a professora da Ufes Ethel Maciel com a comenda Paulo Freire.

Evair de Melo, que há oito anos é membro da Comissão de Agricultura da Câmara, informou que o café, a cana-de-açúcar, o algodão e o milho puxaram o crescimento do VBP da agricultura em 2022, devido à perspectiva de aumento da produção e dos preços. “No ano passado, esses produtos representavam 36,8% do valor da produção total, e neste ano aumentaram sua contribuição e passaram a responder por 44,4 % do VBP. De acordo com a Secretaria de Política Agrícola, os valores desses quatro produtos já são um recorde na série histórica iniciada em 1989”, disse ele.

Já na pecuária, a projeção do Governo diminuiu em todas as atividades, mas ainda assim o setor deverá registrar um faturamento bruto de R$ 355,7 bilhões em 2022. Neste contexto, a variável correspondente às exportações é a que apresenta os melhores resultados, principalmente para a carne bovina e a carne de frango. “Como presidente da Frente Parlamentar Mista do Comércio Internacional e do Investimento (FrenComex) observamos que estes dois produtos têm obtido maior receita devido ao aumento das exportações, cujos volumes vão superar os de 2021”. De acordo com dados do Mapa, o estado de Mato Grosso detém a maior fatia do VBP do setor pecuário (18,2%), em seguida, vêm São Paulo (12,7%), Paraná (11,7%) e Minas Gerais (11,6%).

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.