Instituto Marlin Azul divulga resultado do Curta Vitória a Minas II.

A coleção de histórias selecionadas traz uma diversidade de temas como relatos de vida, causos, crenças, proteção da natureza e da maternidade, empoderamento feminino, infância, dentre outras inspirações para a realização dos filmes. Dez moradores de cidades mineiras e capixabas do entorno da Estrada de Ferro Vitória a Minas viverão a experiência coletiva de fazer […]

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

instituto marlin azul divulga resultado do curta vitoria a minas ii

A coleção de histórias selecionadas traz uma diversidade de temas como relatos de vida, causos, crenças, proteção da natureza e da maternidade, empoderamento feminino, infância, dentre outras inspirações para a realização dos filmes.

Dez moradores de cidades mineiras e capixabas do entorno da Estrada de Ferro Vitória a Minas viverão a experiência coletiva de fazer um filme. O Instituto Marlin Azul divulgou na quinta-feira, dia 28, o resultado do Concurso de Histórias do Curta Vitória a Minas II. Os autores selecionados participarão de uma oficina audiovisual e, depois, voltarão para os municípios para gravação das histórias com o envolvimento e a mobilização dos moradores, num movimento de fortalecimento da comunidade e do território. A lista dos selecionados está disponível no site Curta Vitória a Aminas.

Foram selecionadas histórias das cidades de Baixo Guandu, Colatina, Ibiraçu, João Neiva, no Espírito Santo, e Aimorés, Coronel Fabriciano, Ipatinga, Naque, e Nova Era, em Minas Gerais. O projeto de formação, produção e difusão audiovisual resultará na realização de dez curtas-metragens, de até 15 minutos, com roteiro, direção e produção dos autores.

Leia também:  Carnaval: Parques de Vitória vão funcionar nos 4 dias de Carnaval

O projeto quer a partir da oportunidade de contar uma história e transformar em filme envolver e mobilizar a comunidade de cada cidade em torno de um projeto cultural de realização coletiva, valorizando os talentos e as potencialidades locais.

O Curta Vitória a Minas II é patrocinado pelo Instituto Cultural Vale, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, e conta com a realização do Instituto Marlin Azul, Secretaria Especial de Cultura/Ministério do Turismo.

Histórias

A diversidade marca o perfil das histórias escolhidas. O conjunto reúne temáticas como relatos de vida; infância; empoderamento feminino; causos; crenças; encontros e despedidas das viagens de trem; a simplicidade e os desafios da vida do campo; os laços familiares e até a história e a contribuição do movimento rock’n’roll do noroeste capixaba. A seleção traz assuntos como a riqueza das griôs, as guardiãs dos saberes e fazeres ancestrais; e a proteção e preservação das águas e das matas.

Outro tema que despertou a atenção para a realização de uma obra audiovisual foi a experiência de projetos sociais no acompanhamento e na proteção de gestantes em situação de vulnerabilidade social, a defesa do parto humanizado e o combate à violência obstétrica. Para selecionar as histórias, a comissão integrada por profissionais do audiovisual considerou critérios como o grau de originalidade do texto e o interesse gerado pelo tema.

Leia também:  Mucane reabre 180 vagas para oficinas do 1º semestre

Curso e Gravação

O Curso de Formação Básica será realizado no período de 4 a 18 de setembro a partir de aulas presenciais. Os autores participarão de uma imersão audiovisual com aulas teóricas e práticas ministradas por profissionais de renome do cinema, da televisão e do jornalismo. Os participantes estudarão conteúdos sobre roteiro, direção, direção de fotografia, produção, som, direção de arte, edição, finalização e mobilização comunitária.

Após as oficinas audiovisuais, os autores retornarão aos municípios de origem para organização das filmagens com base no roteiro e o no plano de produção elaborados no decorrer do curso. Nesta etapa de gravação, o selecionado mobilizará membros da comunidade para participarem da experiência de gravar o filme, integrando funções técnicas ou artísticas, com o acompanhamento de profissionais e com o suporte de equipamentos de fotografia e de som do projeto. Na sequência, os filmes passarão pela etapa de montagem e de finalização, sempre sob a direção do autor selecionado.

Exibição

A terceira etapa do Curta Vitória a Minas II será a exibição dos documentários e ficções para as comunidades em sessões abertas e gratuitas. Um circuito de difusão com telonas de cinema percorrerá ruas e praças das cidades para apresentar os curtas feitos pelos moradores durante o processo de formação e produção. Em seguida, as obras serão inscritas em mostras e festivais audiovisuais de todo o país, possibilitando a divulgação e a visibilidade dos conteúdos para outros públicos.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.