Cuidados com o coração: na Semana da Hipertensão Arterial, profissionais mostram como controlar a doença Semana da Hipertensão Arterial

Tontura, falta de ar, palpitações, dor de cabeça frequente e alteração na visão podem ser sinais de alerta.

Por Wendon Santos Almeida

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Por Alexandre Araújo

No Dia Mundial da Hipertensão Arterial, muitas pessoas aproveitaram a ação da Secretaria Municipal de Saúde, na Praça Nestor Gomes, no centro de Linhares, na terça-feira, dia 17, para checar a saúde. Os serviços estavam sendo oferecidos no ônibus da Saúde da Prefeitura.

cuidados com o coracao na semana da hipertensao arterial profissionais mostram como controlar a doenca semana da hipertensao arterial

O Programa Municipal de Controle da Hipertensão Arterial e Diabetes (Hiperdia), fica no Naps, no Bairro Colina, no antigo Hospital Talma – Foto: Kevyn Fracalossi

O aposentado Jerônimo Poles, 69 anos, faz uso contínuo de medicamento para controlar a pressão arterial, e passou pelo atendimento no ônibus. Submeteu-se aos testes rápidos de HIV, Sífilis, Hepatites B e C, aferiu a pressão arterial, a glicemia capilar e fez avaliação corporal. “Tudo dentro do nível”, disse ele, ao revelar que detectou o problema de hipertensão aos 45 anos. Mas, faz o controle com sucesso. Pratica ciclismo e caminhada, cuida da alimentação e tem o acompanhamento do médico da família regularmente.

A nutricionista Alessandra Brandão disse que o Seu Jerônimo está no caminho certo. “O alerta que a gente faz é cuidar da alimentação. O excesso de peso é a maior causa do início da hipertensão. A obesidade acarreta outros problemas, entre eles, o diabetes. A doença, muitas vezes, é resultado do desequilíbrio nesses cuidados”.

Leia também:  Subfinanciamento dos filantrópicos em pauta em Comissão de Saúde

A recomendação é reduzir o consumo de sal, embutidos, enlatados, ter uma alimentação balanceada com peixes, legumes, verduras, frutas, suco de uva, e praticar uma atividade física. Esses cuidados vão favorecer a prevenção e o tratamento da hipertensão, conforme a nutricionista.

Segundo ela, é importante começar na infância a formação de bons hábitos alimentares. “A criança com hábitos alimentares inadequados terá mais dificuldade para tratar uma obesidade na fase adulta”, sustentou.

Navegue pelo conteúdo:

Hiperdia

A Prefeitura de Linhares oferece suporte para a prevenção e tratamento da hipertensão arterial. A diretora do Núcleo de Atenção às Políticas de Saúde (Naps), Kessy Bonicenha Brunetti, disse que o núcleo trabalha com a promoção e a prevenção em conjunto com os demais segmentos da saúde no município.

“Quando o paciente é detectado como portador de hipertensão arterial na Atenção Primária à Saúde (APS), nas unidades de saúde, que são a porta de entrada, o médico da Saúde da Família classifica o paciente conforme o risco, em estágios leve, moderado ou severo. Dependendo do grau, o encaminhamento é feito ao Programa de Controle de Hipertensão e Diabetes (Hiperdia), que fica no Naps”, informou.

Leia também:  Prefeitura de Vila Velha inicia nesta terça-feira (8) ​Vacinação infantil nas escolas

No programa, o paciente tem os cuidados de uma equipe multidisciplinar. Ela é formada pelos seguintes profissionais: endocrinologista, cardiologista, nutricionista, assistente social, psicólogo e enfermagem, com os atendimentos e encaminhamentos necessários.

Sintomas

Tontura, falta de ar, palpitações, dor de cabeça frequente e alteração na visão podem ser sinais de alerta para alteração na função de bombeamento do sangue. Entretanto, a hipertensão geralmente é silenciosa e, por isso, é importante a medida regular da pressão arterial.

Causas

Obesidade, histórico familiar, estresse, sedentarismo, tabagismo e envelhecimento, dentre outros, estão associados ao desenvolvimento da hipertensão. O sobrepeso e a obesidade podem acelerar em até 10 anos o aparecimento da doença. O consumo exagerado de sal, associado a hábitos alimentares não adequados também colaboram para o surgimento da hipertensão.

Diagnóstico

A hipertensão, na grande maioria dos casos, não tem cura, mas pode ser controlada. Nem sempre o tratamento significa o uso de medicamentos, sendo imprescindível a adoção de um estilo de vida mais saudável.

O Programa Municipal de Controle da Hipertensão Arterial e Diabetes (Hiperdia), fica no Naps, no Bairro Colina, no antigo Hospital Talma.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.