É preciso ficar atento aos sinais de alterações no coração dos cães

Setembro Vermelho é o mês de conscientização sobre os benefícios da saúde cardíaca. Um brasileiro morre a cada 90 segundos, vítima de doença cardíaca, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Para conscientizar sobre a importância de cuidar da saúde desse órgão vital para nossas vidas, foi criada a campanha Setembro Vermelho. “Mas as […]

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram
Rede Integrada de Segurança da Serra

e preciso ficar atento aos sinais de alteracoes no coracao dos caes

Setembro Vermelho é o mês de conscientização sobre os benefícios da saúde cardíaca.

Um brasileiro morre a cada 90 segundos, vítima de doença cardíaca, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC). Para conscientizar sobre a importância de cuidar da saúde desse órgão vital para nossas vidas, foi criada a campanha Setembro Vermelho. “Mas as doenças, como a insuficiência cardíaca congestiva, não estão restritas aos seres humanos: três em cada 10 cães de meia idade e idosos convivem com essa doença crônica – e incurável. Por isso, é preciso estar atento aos sinais do coração do pet”, alerta o médico veterinário Jaime Dias, gerente técnico e de marketing em animais de companhia da Vetoquinol Saúde Animal.

O especialista explica que a insuficiência cardíaca congestiva (ICC) é um dos problemas cardíacos frequente em cães. “Essa enfermidade pode provocar danos irreversíveis à saúde do animal, prejudicando também o seu bem-estar e reduzindo seu tempo de vida. Casos mais graves, inclusive, podem causar morte se não bem acompanhado pelos tutores”.

Leia também:  Vila Velha abre agendamento para vacinação nesta sexta-feira (4)

Cansaço, fraqueza, tosse frequente, dificuldade em respirar, diminuição de apetite, intolerância a exercícios, emagrecimento e desmaios estão entre os indicativos mais frequentes da insuficiência cardíaca congestiva. “Quadros mais avançados da doença podem gerar o acúmulo de líquidos nos pulmões e nos membros do cão, além de lesões importantes em outros órgãos, em especial os rins”, alerta Jaime Dias.

Ao identificar um desses sintomas, o tutor deve procurar imediatamente uma clínica ou um hospital veterinário, para que o animal seja examinado e avaliado por um médico-veterinário. “Quanto mais precoce for o diagnóstico mais rápida será a indicação do tratamento adequado, considerando o estágio da doença e as condições de saúde do cão, evitando o sofrimento e o impacto da enfermidade em suas atividades rotineiras”, recomenda o gerente técnico e marketing da área de pets da Vetoquinol.

Um dos tratamentos disponíveis e com eficácia comprovada é a utilização de diurético composto por torasemida, princípio ativo presente em UpCard, produzido pela Vetoquinol. “Ele estimula a diurese (produção e a secreção de urina), diminuindo a retenção de líquidos que é frequente na ICC e este processo ocorrem com menor perda de potássio através da urina, contribuindo para a menor taxa de arritmia cardíaca”.

Leia também:  Prefeitura da Serra oferece testagem rápida para a covid-19, neste sábado, no laboratório central

“UpCard é muito seguro e seus comprimidos facilmente divisíveis e altamente palatáveis, possuem efeito prolongado por 24 horas, que ajuda a manter mais estável a diurese Seus benefícios são comprovados cientificamente. O Journal of Veterinary Internal Medicine, por exemplo, revelou que a torasemida presente em UpCard diminui significativamente o risco de mortalidade cardíaca, além de aumentar o tempo de sobrevida dos cães acometidos pela insuficiência cardíaca congestiva”, destaca Yolanda Antunes, gerente da unidade de negócios de animais de companhia da Vetoquinol.

Vetoquinol

A Vetoquinol Saúde Animal está entre as 10 maiores indústrias de saúde animal do mundo, com presença na União Europeia, Américas e região Ásia-Pacífico. Com expertise global ao longo de mais de 85 anos e no Brasil, onde atua há mais de 10 anos, a empresa possui sede administrativa em São Paulo (SP) e planta fabril em Aparecida de Goiânia (GO), bem como distribuição de seus produtos para todos os estados brasileiros. Como um grupo independente, projeta, desenvolve e comercializa medicamentos veterinários e suplementos, destinados à produção animal (bovinos e suínos), a animais de companhia (cães e gatos) e a equinos. Desde sua fundação, em 1933, na França, a empresa combina inovação com diversificação geográfica. O crescimento do grupo é impulsionado pelo reforço do seu portfólio de soluções associado a aquisições em mercados de alto potencial de crescimento, como a Clarion Biociências, ocorrida em abril de 2019. A Vetoquinol gera mais de 2,3 mil empregos e está listada na bolsa de valores Euronext Paris desde 2006 (com o símbolo VETO). A Vetoquinol conta ainda com Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) formado por profissionais da área veterinária para auxílio aos clientes. A ligação é gratuita – 0800 741 1005. Para mais informações, acesse o site da Vetoquinol.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.