Cenário econômico é o alerta da Acaps Trade Show na Serra

Primeiro dia da Acaps Trade Show traz alertas sobre cenário econômico e o novo consumidor. A abertura da Acaps Trade Show, a maior feira de negócios do varejo capixaba, aconteceu na terça-feira, dia 20, tendo como palestrante de destaque o economista e ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega, que esteve à frente da Pasta no […]

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

cenario economico e o alerta da acaps trade show na serra

Primeiro dia da Acaps Trade Show traz alertas sobre cenário econômico e o novo consumidor.

A abertura da Acaps Trade Show, a maior feira de negócios do varejo capixaba, aconteceu na terça-feira, dia 20, tendo como palestrante de destaque o economista e ex-ministro da Fazenda Maílson da Nóbrega, que esteve à frente da Pasta no final dos anos 1980. A solenidade, no Pavilhão de Carapina, na Serra, contou com a presença de diversas autoridades, representantes de instituições parceiras, empresários, gestores e outros profissionais dos segmentos supermercadistas, da panificação, da indústria e de postos de combustíveis.

Para o auditório principal do evento lotado, Maílson apresentou uma análise das conquistas do Brasil e dos seus avanços institucionais, traçou uma avaliação das oportunidades e dos riscos do presente e fez projeções para os próximos quatro anos e para a partir de 2026.  Ressaltou que os problemas fiscais internos do Brasil, somados à desaceleração da economia mundial, farão o país entrar em um período de turbulência que deve ser superado apenas a partir de 2026.

O ex-ministro, contudo, pontuou que o Brasil tem características estruturais sólidas que permitirão que atravesse a turbulência. Entre essas características, segundo ele, estão as instituições sólidas, um agronegócio competitivo, sistema financeiro sofisticado e regulamentado, fortes reservas internacionais e empresas fortes.

Leia também:  Novos cursos de curta duração no IEL-ES

“O Brasil tem uma situação fiscal periclitante. O próximo governo, seja Lula ou Bolsonaro, precisará ter um plano de governança. Quem assumir precisa ser um grande líder para convencer o Judiciário e os servidores a não aumentarem seus benefícios e fazer a sociedade entender que será preciso reduzir gastos na educação, na saúde, com pessoal e com previdência. Precisamos também de reformas e privatizações, para superar os desafios econômicos dos próximos anos”, afirmou, comentando que é possível ser otimista com futuro do Brasil.

Consumidor 4.0

Na segunda palestra do dia, foi a vez do escritor e cofundador da plataforma AAA, Arthur Igreja, abordar ao tema “Consumidor 4.0”. Ele ressaltou que o “x” da questão, atualmente, é a economia de tempo. “O seu negócio tem que ser o lugar onde o consumidor resolva mais problemas em menos tempo. Hoje, não existem mais divisões entre setores e, assim, vários empreendimentos ocupam o mesmo espaço”, alertou.

Um exemplo, segundo Igreja, está num posto de combustível que tem também uma padaria, uma loja de conveniência. “A empresa não pode ser encastelada, achar que tem todas as respostas. Ela precisa estar atenta e eliminar labirintos, dificuldades. O empresário precisa parar de ver a tecnologia e a inovação como ameaças. Mas não vale também usar a tecnologia pela tecnologia. Não vale mudar interfaces sem eliminar processos, sem facilitar a vida do cliente, sem poupar tempo. Hoje, o consumidor quer relacionamento, que se dá por meio de conteúdo, de aprendizado, de conexão, e não por mera propaganda”, afirmou o palestrante.

Leia também:  Agência do Trabalhador estará todas as sextas nos bairros da Serra

Na tarde de quarta-feira, segundo dia da Acaps Trade Show, no auditório principal, o tema abordado foi “Varejo Conectado – Decisões Orientadas por Dados”, num painel de debates conduzido pela palestrante Fátima Merlin, uma das maiores referências do País em conhecimento do varejo.

Já nesta quinta-feira, último dia, às 14h, Miguel Falabella, ator, diretor, produtor e dramaturgo falará sobre “Protagonismo: novas atitudes, velhos valores”. Falabella trará toda a sua experiência em se reinventar para alcançar os objetivos pessoais e profissionais diante das mudanças da vida.

Ciclo do Conhecimento

Em sua programação, a Acaps Trade Show conta com 22 palestras e painéis que estão sendo apresentados em dois auditórios, focados no comportamento do mercado consumidor e no desenvolvimento das pessoas que atuam no varejo.

As atividades do Ciclo do Conhecimento trazem apresentações com conteúdos mais específicos e técnicos preparados por consultores parceiros da Acaps, além de apresentações palestras oferecidas pelo Sebrae, Senac, Instituto Euvaldo Lodi (IEL-ES) e Sindicato da Indústria da Panificação e Confeitaria do Espírito Santo (Sindipães).

Leia também:  Expansão logístico e mais 8 lojas do Grupo Coutinho.

A estimativa é de movimentar mais de R$ 600 milhões durante os três dias da feira, que contribui para alavancar os negócios entre os fornecedores, expositores e os compradores que atuam no varejo, além de estimular outros setores, como o turismo de negócios, hotelaria, gastronomia e transporte. Este ano, são mais de 200 estandes, com a previsão de gerar cerca de 2.500 empregos temporários para o evento.

A feira de negócios funciona das 14 às 22 horas.

Sorteio para fomentar negócios

Para fomentar os negócios durante a Acaps Trade Show 2022, está sendo realizada a promoção “Acelerando Negócios”. Cada R$ 1 mil reais em compras efetuados na feira com os expositores aderentes à promoção dá direito a um cupom para concorrer a um carro zero quilômetro. No primeiro dia da feira, foi ofertada cupom em dobro.

O sorteio acontecerá nesta quinta-feira, último dia do evento, com o ganhador levando um veículo Partner Rapid Business, da  Peugeot.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.