Mais 140 internos iniciam cursos profissionalizantes em unidades prisionais

Além do Qualificar ES, a Sejus e a Sectides estão profissionalizando 20 internos da Penitenciária Agrícola do Espírito Santo, também em Viana, por meio do Pronatec

Por Redação Jornal da Serra

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

A Secretaria da Justiça (Sejus) deu início, nesta semana, a sete turmas em cursos profissionalizantes em cinco unidades prisionais, gerando 140 oportunidades de qualificação. Dessas, 100 internos serão qualificados pelo Programa Qualificar ES, em parceria com a Secretaria de Inovação e Desenvolvimento (Sectides), 20 vagas são ofertadas por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e 20 por uma empresa parceira.

No Centro de Detenção Provisória da Serra, são 20 vagas no curso de almoxarife, com duração de 120 horas. Já no Centro Prisional Feminino de Cariacica e na Penitenciária de Segurança Média 2, em Viana, são realizadas turmas do curso de auxiliar de rotinas administrativas, também com 120 horas de sala de aula.

Mais 140 internos iniciam cursos profissionalizantes em unidades prisionais

Foto: Assessoria de Comunicação da Sejus

Além do Qualificar ES, a Sejus e a Sectides estão profissionalizando 20 internos da Penitenciária Agrícola do Espírito Santo, também em Viana, por meio do Pronatec. A formação de pedreiro em alvenaria tem 200 horas e está conectada à demanda do mercado, preparando os apenados para atuação imediata no mercado de trabalho.

Leia também:  Governo do Estado entrega reforma do DPM de São Pedro, em Vitória

“A Sectides é uma grande parceria para a qualificação profissional em territórios de vulnerabilidade social. Nessas ações, traz para o sistema essas formações, contribuindo com a prevenção e a redução da criminalidade. Estamos muito contentes por abrir mais de 100 vagas nessa parceria, gerando conhecimento, oportunidades e esperança dentro das unidades prisionais” destacou a subsecretária de Estado de Ressocialização da Sejus, Karina Bayerl.

Na Penitenciária Semiaberta de Vila Velha, 20 internos iniciaram a formação de Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, com duração total de 200 horas. A capacitação é ofertada por uma empresa parceria.

Texto: Sandra Dalton / Karla Secatto

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.