Contorno do Mestre Álvaro pode ser concluída até o final do ano

“Já temos recurso para o Contorno do Mestre Álvaro até o final do ano, colocado pela Rose de Freitas”, afirma ministro no ES.

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Por Filipe Izar

 

Em agenda no estado do Espírito Santo na segunda-feira, dia 11, o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, afirmou que há recurso disponível para as obras do Contorno do Mestre Álvaro na Serra, até o final do ano e a expectativa é finalizar o empreendimento ainda em 2022.

contorno do mestre alvaro pode ser concluida ate o final do ano

Marcelo Sampaio, que acaba de substituir Tarcísio de Freitas no ministério da Infraestrutura, visitou o Estado e elogiou a atuação da bancada capixaba, “uma das mais atuantes”

“A gente deve fechar a obra próximo de R$ 500 milhões. Temos recurso garantido até o final do ano, orçamento que foi colocado, inclusive, pela nossa presidente do Orçamento no ano passado, a senadora Rose de Freitas (MDB-ES). O esforço neste momento é conseguir uma suplementação no segundo semestre para fechar a obra já em 2022”, projetou o ministro.

Ao lado de Rose e dos deputados federais Evair de Melo e Josias Da Vitória, Sampaio percorreu em um comboio as obras do Contorno para análise técnica, com paradas estratégicas em alguns trechos.

Leia também:  Oito vetos e quatro urgências na pauta de votação

O Contorno do Mestre Álvaro terá quase 20 km de extensão e vai desafogar o trânsito na BR-101, diminuindo a distância entre Serra e Cariacica em 15 km e tirando o trânsito pesado da região.

“As obras são um marco no desenvolvimento do Estado, uma luta de muitos anos. Minha palavra agora é obrigada”, disse a senadora Rose durante a visita.

“Excelente. Esta é uma obra fruto da parceria dos Poderes Legislativo e Executivo. A bancada capixaba, muito atuante, não se refutou em nenhum ano ao botar recurso pesado para que essa obra saia”, complementou o ministro.

TCU – Foi em 2018 quando o Tribunal de Contas da União (TCU) autorizou o início das obras do Contorno do Mestre Álvaro. À época havia uma medida cautelar que impedia o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) de permitir o consórcio vencedor da licitação a começar os trabalhos.

Naquele ano, todavia, o plenário do TCU revogou a medida, seguindo o voto favorável do relator do caso, ministro Augusto Sherman. Em seu parecer, Sherman citou as reuniões que teve com a senadora Rose de Freitas como fundamentais para entender a importância da obra.

Leia também:  Marcos Guerra deixa cargos para ser candidato a deputado federal.

BR-447 – Além do Contorno do Mestre Álvaro, Marcelo Sampaio visitou as obras da BR-447. Trata-se do acesso ao porto de Capuaba, estrada que começa em um viaduto na BR-262, em Cariacica, e que, ao ficar pronta, vai desviar o trânsito pesado que hoje passa por Paul, São Torquato e pela Avenida Lindenberg, em Vila Velha.

“A 447 vai trazer eficiência, competitividade, no acesso ao Porto de Capuaba, e vai trazer, sobretudo, segurança para quem transita na região. A obra está ‘a todo vapor’”, registrou o ministro.

Rose completou: “O povo capixaba precisa saber que os impostos que eles pagam vão a Brasília e voltam para cá, com o apoio desta Bancada Capixaba e do Governo Federal”.

Já o deputado Evair de Melo ressaltou que a BR-447 vai “restabelecer a área comercial da Avenida Lindenberg, que hoje é congestionada por caminhões, além de levar eficiência a Paul, São Torquato e Campo Grande, gerando emprego e renda”.

Coordenador da Bancada Federal, Da Vitória finalizou: “O nome disso é desenvolvimento. O ministro está hoje aqui confirmando a aplicação dos recursos, uma verdadeira sociedade entre Governo Federal e a Bancada Capixaba”, pontuou.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.