Aluno capixaba do IP é aprovado em concurso com mais de 90 concorrentes por vaga

Mais de 29 mil inscritos concorrendo a apenas 320 vagas. Assim foi a acirrada disputa, neste ano, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) – e tem capixaba entre os aprovados. O jovem Wallace de Oliveira Pereira, de 17 anos, aluno do Instituto Ponte (IP) desde agosto de 2021, ficou na 54ª colocação geral, conquistando seu ingresso […]

aluno capixaba do ip e aprovado em concurso com mais de 90 concorrentes por vaga

Mais de 29 mil inscritos concorrendo a apenas 320 vagas. Assim foi a acirrada disputa, neste ano, na Escola Preparatória de Cadetes do Exército (EsPCEx) – e tem capixaba entre os aprovados.

jovem Wallace de Oliveira Pereira, de 17 anos, aluno do Instituto Ponte (IP) desde agosto de 2021, ficou na 54ª colocação geral, conquistando seu ingresso no corpo de formação de oficiais efetivos do Exército.

Natural de Conceição do Castelo, filho de diarista e comerciante, ele é considerado um aluno de destaque no IP: conquistou medalhas de Bronze na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) de 2017 e de Prata na edição de 2021; Ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA) e Prata na Canguru (concurso de matemática); e ficou em 1º lugar em todos os simulados Bernoulli, na 3ª série do ensino médio da escola em que é bolsista, a Crescer PHD. E esse é o seu primeiro ano como bolsista de uma escola particular, sempre tendo estudado em escolas públicas.

Mesmo com o ótimo resultado alcançado na EsPCEx, ele continua se preparando para disputar vaga em duas importantes instituições de ensino superior: o ITA (Engenharia mecânica-aeronáutica), listado entre os mais concorridos do país, e o Insper (Engenharia Mecânica).

 

Futuro promissor

Se optar por estudar na EsPCEx, Wallace se tornará cadete. Estudará em Campinas (SP) durante um ano e depois seguirá para a Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), em Resende (RJ), para completar a formação. Após a formatura, passará a integrar o corpo das forças armadas na posição de aspirante, com possibilidade de promoção a segundo tenente em seis meses. Vale destacar que a remuneração dos formados na Aman é de cerca de R$ 8 mil, chegando a R$ 10 mil com os benefícios.

“Qualquer que seja a escolha do Wallace, será sem dúvida um grande salto na sua vida e da sua família. O que personifica bem o que desejamos com o IP: tornar possível a ascensão social em uma geração, por meio da educação de qualidade, para jovens em vulnerabilidade social”, afirma Bartira Almeida, fundadora e presidente do IP.

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.