Iogurte natural, cookies e mais novidades no cardápio da merenda da Serra

O novo cardápio ainda tem panquecas e bolos sem açúcar, dentre outras delícias

Por Redação Jornal da Serra

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Que escola é lugar de aprender todo mundo sabe. Mas, na escola, crianças e adolescentes também se alimentam. E no caso das unidades de ensino da rede municipal da Serra, é uma super alimentação!

As refeições servidas aos alunos dos Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) e Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFs), além de dar garantia à assistência nutricional, criam novos hábitos alimentares e contribuem para o desenvolvimento educacional.

Novidades no cardápio da merenda

E tem novidades no delicioso cardápio da merenda escolar da Serra! Reforçando as ações já aplicadas, a Gerência de Alimentação Escolar da Secretaria de Educação da Serra (Sedu) ampliou a visão na elaboração das refeições.

Iogurte natural, cookies e mais novidades no cardápio da merenda da Serra

Foto: Edson Reis/Secom-PMS

De acordo com a gerente de Alimentação Escolar, Fabiane Cavalcante, foi criteriosamente observado o que preconiza a Resolução 06, de 08 de maio de 2020, que estabelece a não utilização de produtos ultraprocessados, além da suspensão da adição de açúcar, mel ou adoçante nos alimentos de crianças de até 03 anos de idade.

Leia também:  Alunos de escola do Nova Bethânia aprendem sobre alimentação saudável

“Buscamos estratégias em receitas que utilizam itens nutricionalmente saudáveis para preparação de cookies, panquecas, bolos sem açúcar, com produtos integrais, utilizando os gêneros da agricultura familiar como item essencial para aromatizar e dar sabor às preparações. Além disso, o iogurte natural também passa a fazer parte do cardápio, para enriquecer o lanche dos estudantes ”, explica Fabiane.

Cardápios diferenciados

Os cardápios são elaborados de acordo com as unidades que funcionam em tempo integral e regular. Ao todo, são elaborados cinco cardápios diferenciados, sendo CMEI e EMEF integral e parcial e o cardápio para atender os alunos com patologias diversas, durante todo o ano letivo, com aquisição de mais de 30 produtos para esse grupo específico.

Do desjejum ao jantar na escola

A secretária de Educação da Serra, Fabiana Negrelli, explica que a merenda escolar de período integral deve atender a pelo menos 70% das necessidades nutricionais diárias das crianças.

“A recomendação, segundo a Resolução Nº 26, de 17 de junho de 2013, do Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação, é que as unidades escolares que atuam em tempo integral devem atender, no mínimo, 70% das necessidades nutricionais diárias das crianças e adolescentes, distribuídas em pelo menos três refeições. Porém, a Serra oferta quatro refeições diárias, garantindo que o aluno faça do desjejum ao jantar em sua unidade de ensino”, detalha a secretária.

Leia também:  Educação promove Semana Escolar de Combate à Violência Contra a Mulher

E a partir do segundo semestre do exercício de 2022, o número de nutricionistas terá 42% a mais de profissionais, para melhor atender a rede de ensino e compor a equipe de prestação de serviço.

Vem aí a Equipe Multidisciplinar

A gerente de Alimentação Escolar da Serra ainda explica que está em fase de implantação, um projeto piloto com equipe multidisciplinar para corroborar com as ações já desenvolvidas pela equipe de nutrição, no sentido de garantir a disponibilidade, acesso e consumo adequado e consciente, além dos desafios já existentes, enfatizando nas ameaças que colocam em perigo a segurança alimentar, além dos atuais efeitos socioeconômicos da pandemia da Covid-19.

Texto: Andreia Soares – Foto: Edson Reis/Secom-PMS

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.