Com Casagrande aumentou o nível de pobreza e de criminalidade no ES.

Enquanto o governador Renato Casagrande (PSB) pensa em poupar, guardar o dinheiro no fundo soberano. Enquanto o governador Renato Casagrande (PSB) pensa em poupar, guardar o dinheiro no fundo soberano, o número de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza e o índice de crimes ocorridos no Estado, tem aumentado significativamente, causando danos à […]

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

com casagrande aumentou o nivel de pobreza e de criminalidade no es

Enquanto o governador Renato Casagrande (PSB) pensa em poupar, guardar o dinheiro no fundo soberano.

Enquanto o governador Renato Casagrande (PSB) pensa em poupar, guardar o dinheiro no fundo soberano, o número de pessoas que vivem abaixo da linha de pobreza e o índice de crimes ocorridos no Estado, tem aumentado significativamente, causando danos à sociedade e à classe produtora capixaba.

O dinheiro poupado é quase certo que será distribuído para os municípios cujos prefeitos apoiam a sua reeleição, embora que até agora Casagrande só tem assinado ordens de serviços e acordos sem efetivamente liberar dinheiro. “Até agora só assinamos papéis. Dinheiro que é bom ainda não veio” – informa um prefeito aliado do governador.

Um aliado político revoltado com a atuação do governador Renato Casagrande, desabafa: “enquanto o governo guarda dinheiro para gastar na eleição, o povo vive o drama da miséria, da fome e da humilhação.” Dias após dias, o governador vai se distanciando da sua possível reeleição, com atitudes equivocadas, as quais são refletidas na frase do deputado Evair de Melo: “governo rico e povo pobre”.

Leia também:  Santander e Harvard anunciam 5 mil bolsas de estudo.

Elogiado por estar com as finanças controladas, desde alguns governos anteriores, o Estado é visto como exemplo no Brasil, ressalvando porém a má distribuição de renda, a inércia para resolver a questão do desemprego e a indiferença com a escalada da violência, que tem atingido agora as cidades do interior.

Com casos de corrupção aparecendo na mídia todos os dias, a administração mostra que está ruindo, desabando enquanto o governador segue fazendo sua campanha à reeleição, indiferente aos problemas cruciais que vive o Estado. Fazendo cara de paisagem, certamente se humilha perante Deus, o Criador, mas se exalta perante o povo sofrido que o fez governador.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.