Prefeito de Linhares participa do Dia de D + Indústria da Findes e destaca a atração de investimentos para o Município.

Dia de D + Indústria da Findes em Linhares. Participação do prefeito de Linhares, Bruno Marianelli, em evento da Findes realizado no Município. O prefeito de Linhares, Bruno Marianelli e a presidente da Findes, Cris Samorini. Infraestrutura de qualidade, posição estratégica, mão de obra qualificada e, principalmente, diálogo e confiança nas políticas públicas municipais. Esses […]

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

prefeito de linhares participa do dia de d industria da findes e destaca a atracao de investimentos para o municipio

Dia de D + Indústria da Findes em Linhares.

Participação do prefeito de Linhares, Bruno Marianelli, em evento da Findes realizado no Município.

O prefeito de Linhares, Bruno Marianelli e a presidente da Findes, Cris Samorini.

Infraestrutura de qualidade, posição estratégica, mão de obra qualificada e, principalmente, diálogo e confiança nas políticas públicas municipais. Esses foram alguns dos pontos destacados pelo prefeito Bruno Marianelli como diferenciais de Linhares para atração e manutenção de investimentos privados. Ele participou do movimento em prol da Indústria capixaba, do associativismo e do desenvolvimento do Espírito Santo, o Dia De +Indústria, promovido pela Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes). Buno foi recebido pela presidente da Findes, Cris Samorini e executivos da Findes.

O prefeito apresentou dados que mostram o crescimento e desenvolvimento econômico de Linhares. Ele destacou, por exemplo, o volume de R$ 3 bilhões em investimentos atraídos para o município até o próximo ano, 2023, o que vai gerar cerca de 10 mil empregos diretos. Desde 2017, mais de 10 plantas industriais se instalaram ou estão em processo de instalação no Município.

Leia também:  Tenda de atendimento marca semana do Microempreendedor Individual em VV.

“O que estamos fazendo aqui é o que faz Linhares dar certo. É o Município trabalhando junto com o setor produtivo, que investe e gera empregos, e ao lado dos empreendedores locais, que atuam onde a vida acontece, sempre mais próximos do cidadão. Uma de nossas prioridades é desburocratizar, tornar o Município amigo de quem investe e emprega, e fazer a economia girar”, ressaltou.

Para ele, a questão política também é importante para criar um ambiente de confiança para o empresariado. “É preciso firmeza nos propósitos do governo municipal para que incuta confiança. A indústria faz investimentos que retornam a longo prazo e, para isso, precisa ter confiança no planejamento e na segurança do setor público, não ter altos e baixos”, disse.

Bruno também destacou o programa de capacitação da mão de obra local, o Programa Integrado de Qualificação (PIQ) da Prefeitura de Linhares, que objetiva aproximar e reinserir os linharenses ao mercado de trabalho e ocupar as vagas que são criadas com a chegada de novas empresas, de novos empreendedores locais e da ampliação das já existentes. “O PIQ vai oportunizar neste e no próximo ano a capacitação de mais de 2 mil linharenses em cursos oferecidos em parceria com o Senai e o Senac”, pontuou.

Leia também:  Homem com mandado por homicídio é preso pela Guarda de Vitória

O bom desempenho da indústria acaba refletindo em outros setores, como o comércio e os serviços, avalia a presidente da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), a industrial Cris Samorini. “Os investimentos que estão sendo feitos no Espírito Santo, sobretudo na região de Linhares, são muito positivos, porque trazem desenvolvimento e uma geração de empregos muito grande. Isso vemos refletido lá na ponta, no movimento do comércio, na prateleira do comerciante. Com a abertura de vagas e uma economia pujante, quem colhe lá na frente são todos os capixabas, os linharenses”, disse.

No evento, Cris Samorini anunciou a extensão do Instituto Euvaldo Lodi do Espírito Santo (IEL-ES) que passa ter uma extensão em Linhares. Com isso, a unidade de ensino do Município passa a se chamar “Centro Integrado Sesi Senai IEL”. Com a expansão do IEL, as empresas contarão com os serviços ofertados pelo portfólio da entidade.

“Com o ‘IEL mais perto’ buscamos entender as demandas, ouvir a indústria, para que possamos criar soluções em cursos in company, cursos abertos, além de um portfólio customizado para as empresas”, pontua o superintendente do IEL-ES, Alessandro de Castro.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.