Cinco motivos para gerir as finanças em uma cooperativa financeira

Sicoob-ES – Análise de diferenciais pode sanar algumas das principais dúvidas.

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Por Vera Caser

 

A infinidade de bancos e fintechs pode confundir os consumidores na hora de escolher a melhor opção para a gestão das finanças. Alternativas às instituições convencionais, as cooperativas financeiras também têm conquistado, aos poucos, a preferência do brasileiro.

cinco motivos para gerir as financas em uma cooperativa financeira 1

Segundo a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), quatro em cada 10 brasileiros conhecem o cooperativismo. As vantagens das cooperativas do ramo crédito incluem soluções completas e taxas mais justas, participação dos cooperados na tomada de decisões e nos resultados e contribuição para o desenvolvimento das comunidades.

“A cooperativa é uma sociedade de pessoas que tem como objetivo o proveito comum dos cooperados. Todos se ajudam. Além dos associados de uma mesma cooperativa se ajudarem, essa contribuição mútua também se estende para as relações entre diferentes cooperativas”, disse o diretor-executivo do Sicoob ES, Nailson Dalla Bernadina.

O Sicoob ES atua há mais de 30 anos no estado e é o maior grupo empresarial do Espírito Santo, com mais de 520 mil associados. Em nível nacional, são mais de 6 milhões de cooperados e mais de 3,8 mil pontos de atendimento, formando a 2ª maior rede de atendimento do País.

Leia também:  PIB de janeiro é de 769,38 bilhões, segundo FGV

As principais características das cooperativas financeiras:

  1. Propriedade:

Quando abrem suas contas, os cooperados passam a ser donos da cooperativa e ganham direito de opinar e votar, além de tomar decisões sobre o melhor para a instituição.

  1. Lucro:

Na cooperativa, todo dinheiro que sobra é dividido entre cooperados, de acordo com quanto cada um contribuiu.

  1. Taxas:

Em comparação com instituições financeiras convencionais, as taxas oferecidas pelas cooperativas são mais brandas. A variação entre taxas pode chegar a mais de 50%, dependendo da linha de crédito analisada.

  1. Crescimento:

As cooperativas crescem pela colaboração, contribuindo para o desenvolvimento local. Além de estar presente nos grandes centros, as cooperativas possuem forte atuação também nas pequenas cidades.

  1. Tecnologia:

Nas cooperativas, é possível abrir conta e ter acesso a qualquer serviço no celular, além de os associados contarem com agências e pontos de atendimento em locais estratégicos.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.