Prefeito e Governador cruzam os braços – Colatina bate recorde de assaltos.

Colatina está entregue à violência e assaltos enquanto o governador Renato Casagrande (PSB) que afirma combater o crime, junto com o prefeito Guerino Balestrassi (PSC) e nada fazem. A outrora cidade pacata e com baixo índice de criminalidade, ficou no passado. Hoje a cidade de Colatina está entregue à violência e assaltos em plena luz […]

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

prefeito e governador cruzam os bracos colatina bate recorde de assaltos

Colatina está entregue à violência e assaltos enquanto o governador Renato Casagrande (PSB) que afirma combater o crime, junto com o prefeito Guerino Balestrassi (PSC) e nada fazem.

A outrora cidade pacata e com baixo índice de criminalidade, ficou no passado. Hoje a cidade de Colatina está entregue à violência e assaltos em plena luz do dia, e o governador Renato Casagrande (PSB) que afirma combater o crime, junto com o prefeito Guerino Balestrassi (PSC), inoperante também, cruzam os braços, e fingem que o problema não lhes diz respeito.

As policias civis e militares fazem o que pode em defesa da população, embora sejam desprestigiados pelo governo do Estado, com baixos salários. “Eles fazem o que podem” – diz um morador do centro da cidade, preocupado com a escalada da violência.

Os guardas da Secretaria Municipal de Trânsito, Transporte e Segurança Pública de Colatina, tem como objetivo principal multar carros, enquanto alguns carros oficiais são flagrados transportando funcionários com crianças ou mesmo levando-as para a escola. Outra atividade que exercem com rigor é multar carros em estacionamentos proibidos. Virou uma indústria de multas.

Leia também:  Colatina vai receber R$ 20 milhões em apoio à educação no município.

É comum ver nas ruas da cidade, motoristas jovens estacionando na vaga de idosos e de paralíticos.  Neste os policiais de trânsito fingem que não estão vendo nada, com cara de paisagem, quando o correto era advertir o motorista que naquele local não se pode estacionar sem ter licença.

O índice de assaltos na cidade simplesmente triplicaram nestes primeiros meses do ano de 2022, sem que providências sejam todas pelas autoridades competentes.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.