Renova assinam acordo com PML para ETA em Degredo

Prefeitura de Linhares e Fundação Renova assinam acordo para construção de Estação de Tratamento de Água de Degredo e entregam viatura à Defesa Civil.

Por Wendon Santos Almeida

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Por Valda Ravani

O prefeito de Linhares, Bruno Marianelli, e o diretor presidente da Fundação Renova, André de Freitas, assinaram na sexta-feira, dia 8, o Acordo de Cooperação para execução das obras do Sistema de Abastecimento de Água da Comunidade Quilombola de Degredo, um investimento na ordem de R$ 10 milhões. Na ocasião, também foi entregue uma viatura policial para atender à Coordenação da Defesa Civil de Linhares.

renova assinam acordo com pml para eta em degredo

Recurso será repassado via ordem judicial, como medida compensatória pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), há quase 7 anos, buscando mitigar os impactos ambientais ocasionadas – Foto: Kevyn Fracalossi

O recurso será repassado via ordem judicial, como medida compensatória pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), há quase 7 anos, buscando mitigar os impactos ambientais ocasionadas. O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Linhares (Saae) será o gestor do contrato.

O prefeito Bruno Marianelli, destacou que esse acordo é uma antiga reivindicação dos moradores de Degredo que hoje está sendo atendida.

Leia também:  Mais de 53 mil contribuintes já pagaram o IPTU em cota única em Vitória

“Esse termo vai atender toda a comunidade de Degredo que depois de muita luta contará com água tratada, de qualidade. Recebemos, também, uma viatura para a Defesa Civil trabalhar no auxílio da população, quando necessário, e anunciaremos, junto a Renova, importantes projetos de sistemas de esgotamento sanitário no interior do município para levar qualidade de vida aos linharense”, destacou o prefeito.

Jadilson Lino de Oliveira Gomes, da Comissão Quilombola de Degredo e membro do Comitê Interfederativo (Cif), comentou da alegria de concretizar uma luta que se estende por anos. “Esse momento representa uma grande conquista para comunidade quilombola, de sabermos que uma luta que vem desde 2015 agora é concretizada. Saber que minha comunidade terá água tratada e de qualidade é uma grande alegria”, disse.

A presidente da Associação dos Pescadores Extrativistas e Remanescentes de Quilombo de Degredo (Asperqd), Cléia da Silva Costa, também falou sobre a conquista da comunidade. “Essa vitória é um privilégio muito grande para nós moradores, afinal, água é fundamental, é vida. Hoje não temos água de qualidade para molhar as hortaliças, por isso, esse momento é de agradecimento”, comentou.

Leia também:  Dia de Combate ao Abuso e à Exploração sexual de Crianças e Adolescentes em ViV

O diretor presidente da Fundação Renova, André de Freitas, informou sobre essas duas importantes ações para Linhares. “Esse acordo vem para atender toda a comunidade de Degredo que hoje tem uma água de qualidade sofrida, e passará a ter água potável, tratada. Esses são recursos de ações compensatórias que trabalhamos tanto a questão de água tratada para consumo, tratamento de esgoto e apoio à Defesa Civil para situações de emergência prestadas à população”, frisou o presidente da Renova.

Em janeiro de 2022, a Fundação Renova repassou, judicialmente, cerca de R$ 2 milhões para que a assessoria técnica da Associação dos Pescadores Extrativistas e Remanescentes de Quilombo de Degredo (Asperqd) mantenha o fornecimento de água potável; aquisição e distribuição de água, à Comunidade Quilombola do Degredo por 22 meses – período estimado para conclusão das obras.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.