​Procon Vila Velha notifica empresa por irregularidades em consórcios

O golpe funciona por meio de propaganda nas mídias e nas redes sociais

Por Redação Jornal da Serra

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram
Rede Integrada de Segurança da Serra

O Procon de Vila Velha, vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, notificou o consórcio denominado Cooperativa Mista Jockey Club de São Paulo, devido às reclamações registradas junto ao órgão por irregularidades.

O golpe funciona por meio de propaganda nas mídias e nas redes sociais. Os golpistas oferecem um bem móvel ou imóvel a preço muito atrativo, em condições de pagamento irrecusáveis. Além disso, prometem a entrega do bem em poucos dias.

​Procon Vila Velha notifica empresa por irregularidades em consórcios

Foto: Adessandro Reis

“Nesta modalidade de golpe está sendo vendido um consórcio e não financiamento, que depois de assinado e realizado o pagamento, o consumidor se depara com o problema. A pessoa acredita estar financiando um bem que iria adquirir prontamente dentro de alguns dias, quando na verdade entrou em um consórcio não contemplado e que só terá direito a receber o bem no final do pagamento de longas parcelas ou nas regras do consórcio, que é mediante sorteio, por exemplo”, explica o superintendente do Procon Vila Velha, George Alves.

Ainda segundo o superintendente do Procon, mesmo para os consumidores que pretendem, de fato, contratar consórcio, “tem relatos de irregularidades como a cota contemplada. Isso acontece quando é garantido verbalmente ao consumidor que ele está adquirindo uma cota contemplada de um bem mas, para ter acesso a ela, precisa realizar o pagamento de uma entrada. Só após o pagamento a liberação do valor do ‘consórcio’ é feita e, consequentemente, a liberação de valores para aquisição daquele bem”, explica.

Leia também:  Grupo Bandeirante faz 52 anos com oito lojas

Essas práticas violam os princípios importantes da defesa do consumidor, que vedam aos fornecedores de se utilizar de publicidade enganosa e abusiva, de métodos comerciais e desleais no fornecimento de seus produtos e serviços. George alerta ainda que os contratos podem ser anulados e que, dependendo do caso, a prática pode configurar o crime de estelionato.

Veja dicas para não cair em golpes relacionados a financiamentos e consórcios:

• Desconfie de ofertas e condições de pagamento muito vantajosas;
• Não existe pagamento de uma parcela de entrada no que diz respeito aos consórcios, tal como existe no financiamento;
• Não pague nenhum valor antes de conferir pessoalmente junto às administradoras de consórcios se realmente houve a contemplação da cota ofertada. Para isso, o consumidor deve comparecer ao endereço fornecido por ela, administradoras de consórcios, ou no seu site oficial. Se o vendedor tentar te convencer a ir a alguma empresa “representante” ou “parceira”, não aceite;
• Confira se a instituição que administra o sistema é autorizada pelo Banco Central. A lista pode ser consultada no site do BC – https://www.bcb.gov.br;
• A administradora pode exigir uma série de documentos para avaliar se aprova ou não a transferência de titularidade;
• Antes de assinar o contrato, solicite à administradora uma cópia da ata da assembleia onde a cota foi contemplada;
• Não acredite em venda de cotas contempladas nem em entrega de carta de crédito ou do bem em prazo pré-determinado. Essas promessas são forte indício de golpe;
• Esteja atento ao que está escrito no contrato e as promessas verbais do vendedor;
• Antes de fechar qualquer negócio, pesquise sobre a reputação da empresa ou do vendedor;
• Não pague nada a ninguém antes de ter seu cadastro aprovado, ou do contrato assinado após ser lido.

Leia também:  AMO da Serra se reúne nas onze regiões do OP

Serviço:

O Procon de Vila Velha está disponível para tirar dúvidas e receber denúncias referentes a golpes relacionados a consórcios e outras reclamações de consumidores. Basta entrar em contato pelo e-mail: procon@vilavelha.es.gov.br.

Endereço: Boulevard Shopping, acesso A, Rodovia do Sol, em Itaparica.
Horário: das 8h às 17h
Contato: (27) 3139-9904

Texto: Rubia Medina| Foto: Adessandro Reis

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.