EDP promove edição do “Volta às Aulas com a EDP” para 1,2 mil crianças da escola municipal em Vila Velha.

A Umef Paulo César Vinha, no bairro de Jabaeté, recebeu ações artísticas, recreativas e de inclusão digital. Volta às Aulas com a EDP” beneficia crianças em Vila Velha. EDP promove edição do “Volta às Aulas com a EDP” para 1,2 mil crianças da escola municipal em Vila Velha. A Umef Paulo César Vinha, no bairro […]

Por Adwalter Brunow

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

edp promove edicao do volta as aulas com a edp para 12 mil criancas da escola municipal em vila velha

A Umef Paulo César Vinha, no bairro de Jabaeté, recebeu ações artísticas, recreativas e de inclusão digital.

Volta às Aulas com a EDP” beneficia crianças em Vila Velha.

EDP promove edição do “Volta às Aulas com a EDP” para 1,2 mil crianças da escola municipal em Vila Velha.

A Umef Paulo César Vinha, no bairro de Jabaeté, recebeu ações artísticas, recreativas e de inclusão digital.

A horta da escola também foi recuperada em uma ação de voluntariado

Por Fernanda Lozer

A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, por meio do Instituto EDP, realizou na segunda-feira, dia 1º de agosto, o “Volta às Aulas com a EDP”. A ação contou com atrações artísticas, educativas, recreativas e de inclusão digital, e teve como ponto alto a revitalização da horta escolar vertical em garrafas pet, que foi concebida por um professor em 2019 e estava inativa desde o início da pandemia.

Durante o evento estiveram presentes o prefeito de Vila Velha, Arnaldinho Borgo, secretário municipal de Educação, Rodrigo Simões, o diretor da EDP, Fernando Saliba, entre outras autoridades.

Leia também:  Prefeitura da Serra oferece gratuito para aprender a fazer ovos de páscoa

A iniciativa faz parte do Programa Comunidade IN, desenvolvido pela EDP, com objetivo de aceleração do desenvolvimento social, cultural e territorial, por meio da melhoria da qualidade de vida das comunidades e resposta às demandas locais. A implantação do Programa Comunidade IN é uma iniciativa pioneira, para a qual foi escolhida a comunidade de Jabaeté, em Vila Velha.

Ao todo, 1,2 mil alunos da escola foram impactados na ação. A programação do evento contou ainda com atividade de grafite, feita pelo artista capixaba Handerson Chic em um dos muros da escola, além de outras ações artísticas, recreação para as crianças, inclusão digital e palestras de segurança nas redes.

“A EDP tem como missão contribuir com o bem-estar social das localidades em que atua. Com o “Volta às Aulas com a EDP” buscamos promover o acesso e a valorização da arte, cultura e educação. Nessa ação contamos com a participação ativa dos educadores, alunos e de voluntários, focados na melhoria da qualidade da vida escolar” afirmou o diretor da EDP, Fernando Saliba.

Buscando promover novas experiências, os alunos tiveram a oportunidade de participar de uma atividade de inclusão digital, com tablets e óculos de realidade virtual. Por meio do programa EDP nas Escolas, a Umef Paulo César Vinha, no mês de maio deste ano, foi beneficiada com a doação de 60 tablets e a capacitação dos professores para curadoria de conteúdo digital e aplicação prática do recurso em sala de aula.

Leia também:  Prefeitura recupera estradas rurais na região de Povoação

Ações que aconteceram no “Volta às Aulas com a EDP”: – Atividade de um artista capixaba de grafite Handerson Chic que fará uma ilustração em um dos muros da escola; – Revitalização da horta escola com a organização, limpeza e plantio em canteiros horizontais e verticais, com hortaliças plantadas em garrafas pets. – Palestra de segurança em redes elétricas na atividade de pipa; – Recreação artística e produção de uma tela gigante pelos alunos da escola; – Aulas com utilização dos tablets fornecidos para a escola pelo projeto de Inclusão Digital, por meio do programa EDP nas Escolas. – Prática de realidade virtual com os alunos

Educação

Outra iniciativa importante da companhia é o programa EDP nas Escolas, que tem levado, durante este ano, temas como tecnologia e digitalização para cerca de 12 mil alunos em escolas municipais nas regiões onde a EDP atua. O programa é promovido pelo Instituto EDP, organização que coordena as ações socioculturais da empresa e que tem atuado em pilares como educação e cultura, sensibilizando a sociedade em relação a temas globais importantes, como os oceanos.

Leia também:  Equipe Doctum de vôlei de praia misto, vai representar o Espírito Santo no JUB’s 2022 no Ceará

O EDP nas Escolas está alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Em 2019, segundo avaliação dos diretores escolares, o Programa contribuiu fortemente com o Desempenho Educacional, incentivou a leitura e a escrita e conscientizou a comunidade escolar para o respeito aos valores humanos.

As atividades são promovidas pelo Instituto EDP, beneficiou mais de 28 mil pessoas direta e indiretamente ao longo de 2021, no Espírito Santo. Foram R$ 6,4 milhões investidos em projetos para o desenvolvimento das comunidades por meio de ações para a promoção da cultura, saúde, educação, esporte, diversidade, empreendedorismo social e combate à fome.

Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin
  • Pinterest
  • WhatsApp
  • Telegram

Possui dúvidas sobre o site, critícas ou sugestões? Fale conosco!

Patrocinado

Pesquise em Notícias

Se você não encontrou o que busca em, tente fazer uma pesquisa abaixo.